A falta de informações e registros, alinhamento de ações e redução de ruídos de comunicação são alguns dos problemas que implicam na necessidade de uma estrutura de governança.

Na gestão do esporte, a prática corresponde ao conjunto de regras, atividades e programas que definem o funcionamento da Fundação Municipal, Departamento ou Secretaria de Esportes de modo que alcancem as metas estabelecidas a curto, médio e longo prazo.

Uma boa governança elabora e põe em prática estratégias para avaliar, direcionar e monitorar seu trabalho.

Pilares da governança

Consolidada no meio corporativo, a governança no âmbito do esporte municipal é necessária para incentivar a população à participação nas ações, buscar aprimoramento dos gestores municipais de esporte e estar de acordo com os princípios de governança, segundo o Decreto Federal nº 9.203, de 2017 .

São eles:

  • Capacidade de resposta;
  • Integridade;
  • Confiabilidade;
  • Melhoria regulatória;
  • Prestação de contas;
  • Responsabilidade;
  • Transparência.

Para isso, a governança é pautada em quatro pilares: transparência, acesso à informação, accountability e compliance. Falaremos mais sobre cada um deles adiante.

Importância do desenvolvimento do esporte nos municípios

Estimular o desenvolvimento do esporte no município significa colaborar com a formação dos cidadãos, incentivo a valores como espírito coletivo e educação, e fomento à interação social.

Uma cidade que investe no esporte municipal obtém benefícios não só para o departamento esportivo, como também para todas as pastas da administração municipal.

Práticas de governança para o desenvolvimento do esporte nos municípios

Como dito em tópico anterior, a governança tem como base quatro pilares. Eles ajudarão você, gestor, a inovar, perceber as dificuldades e sistematizar os processos. Tudo isso, você resolve com o Placar. Conheça aqui!

A seguir, exemplos de práticas de governança para desenvolvimento do esporte no seu município.

Transparência

A aprovação da Lei da Transparência reforçou a importância da adoção de atitudes transparentes para evitar maiores problemas, consolidar a seriedade e confiabilidade e atrair a participação da população.

Para o gerenciamento esportivo, o pilar transparência é fundamental, uma vez que envolve competições e outros dados de interesse público.

Por exemplo, substitua as informações em papéis ou planilhas, pois elas estão suscetíveis a sabotagens e furtos. Aposte em canais como o Placar , que disponibiliza um relatório de auditorias de ações no sistema com registros de todas as alterações feitas. Além disso, o sistema oferece no portal integrado campos para divulgação de classificação, regulamento e outras informações a respeito de jogos e competições.

Acesso à informação

O acesso à informação é responsável por levar até o cidadão conhecimento para que ele participe e esteja por dentro do que acontece no departamento esportivo. Na prática, ele é alcançado por uma propaganda por um ou vários meios de comunicação.

No entanto, isso parece um problema, pelo menos é o que mostra a pesquisa “Gestão do Esporte nos Estados e Municípios” da Universidade Federal do Paraná (UFPR) que tem 1.000 cidades cadastradas. Segundo o estudo, a maioria (84,59%) das Fundações Municipais, Departamentos ou Secretarias de Esportes não possui nem site próprio.

O Placar veio como solução para essa dificuldade, pois oferece um portal integrado para divulgação de notícias, banners de destaque, lista de clubes e associações, consulta de punições, locais para prática de esportes, agenda, modalidades esportivas do município e etc.

Accountability

O termo “accountability” remete ao controle, fiscalização e prestação de contas dentro da instituição. Esse pilar não só é importante para evitar irregularidades, como também para mensurar e acompanhar o andamento das atividades para aplicar os recursos da melhor maneira.

Relatórios e espaço para publicação de editais e outros documentos como oferecido no Placar são fundamentais para o cumprimento da accountability.


Compliance

O compliance é um conjunto de normas e regras que orientam o funcionamento do esporte no município, nesse caso. Ele traz para o ambiente interno um padrão que deve ser seguido e orienta os gestores, de acordo com o planejamento e objetivos definidos.

Aplicado à gestão do esporte, o compliance pode estar ligado a diversas situações. A adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) nos canais online de comunicação do seu setor é uma delas, por exemplo.

A lei, sancionada em 2020, garante a manutenção da segurança dos dados dos usuários para controle e transparência das informações pessoais e a forma como elas são utilizadas. O resultado é uma instituição mais ética e pautada na clareza. Veja mais sobre ela aqui!

 

O Placar já está de acordo com a LGPD e para fins de cadastro coleta dados como nome, identificação e e-mail dos atletas, mas sempre esclarecendo o motivo do pedido e o uso. Isso está disponível na política de privacidade, acessada pelo usuário para leitura no momento do cadastro.

 

Artigos relacionados


O Placarsoft Gestão do Esporte é um sistema completo e digital para gerenciamento esportivo de mais de 100 modalidades. Colocar a governança em prática nunca foi tão fácil! Entre em contato e saiba mais sobre as funcionalidades e o que ele pode fazer pelo seu departamento: (48) 99676-2059 | (48) 3263-0030.

 

 

Palavras chave: gestão do esporte, esporte no município, gerenciamento, esporte municipal

Carregando

Aguarde...

Ficou interessado?

Nós entramos em contato com você