Cerca de 87% dos brasileiros têm acesso à internet em casa e 95% pelo celular. Os dados são de uma pesquisa do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em 2021. A maioria dos entrevistados está adaptada ao mundo digital.

Nessa corrida, sua Secretaria de Estado do Esporte não pode ficar para trás. A informatização já é uma realidade da instituição?

Afinal, utilizar a tecnologia como ferramenta de aproximação da população significa acertar em cheio.

Ela proporciona uma comunicação mais direta, democratiza a divulgação dos serviços e muito mais. Tudo que você vai descobrir ao longo desse artigo, continue a leitura!

Importância da tecnologia no esporte estadual

Investir em ferramentas voltadas para a tecnologia esportiva desenvolve diversos setores da sua Secretaria de Estado, especialmente a comunicação.

É ela que facilita o atendimento, aproxima sua instituição e você, enquanto gestor do esporte, da população e traz inúmeros outros benefícios. Confira a seguir alguns deles:

  • Informação com mais rapidez;
  • Identificação das necessidades da instituição;
  • Planejamento de novas políticas públicas e adesão dos munícipes;
  • Obtenção de relatórios mais precisos;
  • Economia de tempo;
  • Agilização e otimização dos processos;
  • Direcionamento de verbas de forma mais assertiva;
  • Gestão mais completa e eficiente;
  • Muito mais.

A comunicação pública é a ponte entre a instituição esportiva e as pessoas atendidas por ela. Pensar em estratégias para que ela funcione de fato oportuniza bons resultados.

Como usar a tecnologia na Secretaria de Estado do Esporte


Para entender melhor esse panorama, um outro estudo do BID em 2021 sobre a transformação digital nos governos brasileiros revelou que quase metade da população não conhece ou não utiliza os serviços digitais oferecidos pelos governos municipais.

A nível estadual isso também acontece, mas é possível transformar essa realidade e engajar a população.

Melhorar o que já foi feito, reduzir custos e eliminar de vez o uso de papéis ou planilhas que não organizam os processos? Resolva com a ajuda da tecnologia!

Além da transparência, você consegue diminuir filas, estimular o interesse coletivo pelas ações que desenvolve e otimizar os processos, tudo de forma automática e com apenas alguns cliques.

É nesse sentido que surgem as smart cities, por exemplo. As conhecidas cidades inteligentes são uma realidade cada vez mais presente. Nelas, as soluções tecnológicas são trabalhadas para atuar em prol da saúde, educação, mobilidade urbana e também no esporte.

Nessa pasta, é possível identificar as demandas e utilizar a tecnologia para aplicar soluções personalizadas e que atendam a realidade do seu estado. De forma geral, certas ferramentas são capazes de aprimorar os serviços em grandes, médios e pequenos portes.

Mas o que você, gestor do esporte, pode fazer? Veja três ideias práticas:

Investir em um portal da Secretaria de Estado do Esporte

Pensar no desenvolvimento de um site próprio para a instituição esportiva é o primeiro passo para o avanço. Além das redes sociais, esse portal possibilita uma comunicação rápida e fácil acesso de todos.

Assim, sua equipe e você poderão divulgar o trabalho, através da divulgação de notícias com imagens e vídeo, agenda, informações sobre competições, convite para jogos ou eventos e muito mais.

Outra sugestão é aliar essa estratégia a outras de marketing esportivo e ainda utilizar mídias tradicionais como o rádio e a TV para reforçar.


Interagir com o público

A população gosta de ser ouvida e se ver envolvida no esporte estadual também. Acompanhe de perto grandes competições em diferentes cidades e regiões, aproveite para tirar fotos e coletar feedbacks dos cidadãos e dos atletas.

Esse recolhimento de informações será útil para as próximas tomadas de decisão e planejamento de próximas ações.

Analisar dados

Utilize plataforma para emitir relatórios de dados mais precisos, incluindo os quantitativos e qualitativos.

Alguns deles são capazes de listar inclusive a quantidade de medalhas troféus necessários para a premiação de uma competição, o que facilita a distribuição de recursos e prestação de contas.

É o caso do Placarsoft, conheça esse e outros recursos no site.


Para se tornar ainda mais capacitado, leia também outras dicas aqui!

Artigos relacionados


Aproxime a população da sua instituição esportiva com o Placarsoft!


A gestão do esporte inteligente é possível com o Placarsoft, a plataforma mais completa do Brasil.

O sistema possui inúmeros recursos para integrar a população do seu estado às atividades esportivas de forma efetiva. Estamos em diversos lugares de todo o Brasil, incluindo a Fundação Catarinense de Esporte (FESPORTE).

Agora chegou a sua vez, entre em contato pelo (48) 3263-0030 ou (48) 99922-9731 e solicite uma apresentação da nossa equipe!

 

Palavras chave: esporte estadual - Secretaria de Esportes - tecnologia esportiva - setor público - gestão do esporte

Carregando

Aguarde...

Ficou interessado?

Nós entramos em contato com você