O atleta que vai representar o município em uma competição renomada, a medalhista que iniciou os trabalhos na escolinha da cidade e diversos outros exemplos que são a prova de que é possível integrar as atividades da Secretaria de Esportes e comunidade.

Por si só, a prática esportiva é uma ferramenta de integração social e que proporciona diversos benefícios à população, especialmente quando voltada para o coletivo.

Através das suas Secretarias, Departamentos ou Fundações Municipais de Esportes, as cidades têm investido nisso.

Existem diferentes projetos e outras ações que podem ser aplicadas para promover a integração do poder público e comunidade e é sobre isso que falaremos a seguir. Acompanhe:

Importância da integração de Secretaria de Esportes e comunidade

O esporte municipal de maneira geral tem ampliado suas formas, modalidades e objetivos em meio à sociedade. Assumiu também o papel social como instrumento de difusão de valores éticos, educacionais e tradições de um lugar.

Além disso, proporciona o contato e aproximação dos bairros com o poder público, construindo o sentimento de pertencimento dentro da comunidade.

Aprende-se o convívio com o coletivo, respeitando as regras e os outros jogadores, resolução de conflitos e responsabilidade.

Essas vantagens têm impacto diretamente em outras áreas da administração municipal, como a Educação e redução da criminalidade.

Plano Municipal de Esporte: o primeiro passo

Às vezes, é difícil saber para qual direção seguir? O estudo “Gestão do Esporte nos Estados e Municípios”, realizado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) , revelou que quase 70% das cidades entrevistadas não possuem um documento que estabelece diretrizes para o esporte municipal.

Um Plano Municipal de Esporte estrutura uma política para a área, capaz de reunir objetivos, ações, metas, planejamento, investimento e outros dados fundamentais para o desenvolvimento do esporte integrando a comunidade.

Aliás, a formulação desse registro pode contar com a participação da população municipal para sugestões de melhorias e quaisquer ideias que contribuírão no processo.

Para integrar Secretaria de Esportes e comunidade

A população espera ser ouvida, transparência dos gestores municipais e estar inserida naquilo que a Secretaria, Departamento ou Fundação de Esportes promove, seja no âmbito municipal, estadual ou nacional.

Para integrar o poder público e a comunidade, esteja perto dela. Reforce a necessidade da participação dos moradores nas atividades esportivas do bairro e do município como um todo.

Isso pode acontecer através da valorização do espaço físico de cada localidade e disponibilização deles para a prática esportiva.

Ou, ainda, trabalhos dentro das escolas para que as crianças e adolescentes possam envolver também os pais, avós e outras pessoas. Dessa forma, a chance de alcançar o público de diferentes faixas etárias é maior.

Outra opção bastante efetiva são os projetos. Um exemplo da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social no Esporte para Todos contempla projetos para todas as idades espalhados pelo Brasil.

Veja quais são:

  • Programa Segundo Tempo;
  • Programa Esporte e Cidadania;
  • Programa Brincando com Esporte;
  • Programa Esporte e Lazer da Cidade;
  • Programa Aldeia Viva;
  • Projeto DELAS;
  • Programa Vida Saudável;
  • Programa Luta pela Cidadania;
  • Projeto Virando o Jogo;
  • Rede Cedes.

Na prática: a integração entre comunidade e poder público

Para entendermos na prática como funciona a integração entre comunidade e a Secretaria de Esportes, conversamos o diretor geral da Fundação Municipal de Esportes de Brusque (SC), Edson Garcia.

No município, são oferecidas à população mais de 20 modalidades esportivas:

  • Atletismo;
  • Basquete;
  • Bocha;
  • Bolão;
  • Boxe;
  • Ciclismo;
  • Futebol;
  • Futsal;
  • Futevôlei;
  • Ginástica rítmica;
  • Handebol;
  • Judô;
  • Jiu-jitsu;
  • Luta olímpica;
  • Muay thai;
  • Natação;
  • Taekwondo;
  • Tênis de mesa;
  • Tênis de campo;
  • Vôlei;
  • Vôlei de praia;
  • Xadrez;
  • Ritmos.


A maioria das atividades são destinadas para crianças e adolescentes, enquanto algumas delas são voltadas para a terceira idade.

Edson explica que as ações seguem o principal objetivo da FME Brusque de promover o lazer e oportunizar a prática esportiva para melhor qualidade de vida. “É possível ter mais participação da população quando oferecemos atividades que proporcionam bem-estar para todas as idades, seja uma criança ou idoso”, destaca o gestor municipal.


Artigos relacionados


O Placarsoft é a ponte entre a sua Secretaria de Esportes e a comunidade. Nossa plataforma inclui recursos para maior transparência no trabalho exercido e aproximação da população, através do portal integrado e consulta de informações importantes.

Solicite uma apresentação da nossa equipe no (48) 99922-9731!

Palavras chave: Secretaria de Esportes - esporte municipal - prática esportiva - esporte na cidade

Carregando

Aguarde...

Ficou interessado?

Nós entramos em contato com você